29 de jul de 2019

14 de jun de 2019



Vista da cidade que moro atualmente, João Monlevade-MG


É impressionante, depois de sairmos de uma fase difícil e as coisas melhorarem, você olha pra trás e pensa: "meu Deus, eu realmente estava desse jeito, e nem acredito que tô bem".

Sim, ta acontecendo comigo, é incrível esse nosso poder (que todo indivíduo possui), de continuar, de acreditar e lutar. Passei um tempo mal, com o meu psicológico mal (não que ele esteja ótimo agora, mas to bem feliz com a evolução), precisei voltar a tomar remédio para ansiedade. Eu relutei muito pra não precisar fazer isso, mas há momentos que uma ajuda médica é essencial.

Esse post é para você que pode está passando por algo parecido, ou exatamente isso, nada como um dia após o outro. Eu entendo que quando estamos nesse momento, a sensação é de que isso NUNCA vai passar, e você se culpa por isso. Mas a notícia boa é que passa sim, se você tiver pessoas que se preocupam com você, se você busca ajuda, e se você tenta lutar, mesmo que um dia fracasse, mas não desista.

A nossa vida toda é assim, somos movidos por fases, boas, ruins, péssimas, maravilhosas, e todos passam por isso. Daí a importancia de dar valor e aproveitar todo e qualquer momento por mais simples que seja, até porque a linha de chegada nem importa tanto, mas sim a caminhada que você traçou até lá.

Amanhã é um novo dia, e novas oportunidades sempre aparecem, não feche os olhos para elas.

Beijo GRANDE,
Paloma Gomes

24 de mai de 2019



Foto que a mamis tirou um tempinho atrás

Nos dias atuais, por influencia das redes sociais, muitos pensam sempre na opinião alheia. Tem virado costume fazer coisas pensando no que as pessoas vão achar, e isso deixa a nossa vontade em segundo plano.

Faça as coisas por você.
Quer ir a algum lugar, mas tem receio do que as pessoas pensam? Vá, e faça por você.
Quer fazer algo que foge totalmente do que todos fazem, mas tem medo por chocar as pessoas? Faça, e faça por você.
Quer usar uma roupa, mas fica preocupada(o) com o que as pessoas vão dizer? Use, e faça por você.

Você é a pessoa mais importante da sua vida (disse isso no último post e repito), a vida é uma só, não tente agradar as pessoas, não deixe as suas vontades em segundo plano. Viva de verdade, viva por você e segundo as suas vontades.

Você é incrível!

Beijo GRANDE
Paloma Gomes

23 de mai de 2019



Como vai sua saúde mental? O seu autoconhecimento? Nossa mente é um verdadeiro mistério, é fascinante, temos muito material a respeito e diria que isso tudo ainda é praticamente nada perto do quão grande é.

Sempre fui uma pessoa que li muito a respeito (e continuo lendo), medito, tento sempre me manter no eixo, mas existem fatores externos que influenciam nisso tudo e no resultado final. Ninguém é de ferro, há fases na nossa vida que parece que tudo vira do avesso, que parece ser impossível uma solução, mas no fim sempre dá certo, e se não deu certo é porque ainda não chegou o fim (é clichê, mas é verdade). Fico feliz por hoje em dia ser um tema cada vez mais discutido, está saindo da famosa zona da "frescura", e sendo enfim reconhecido como algo importante que todos devem ter conhecimento.

Ultimamente há fatores externos que tentam colocar minha saúde mental lá embaixo, muita coisa acontecendo no momento, muita preocupação, muito planejamento a ser feito, quanto mais perto do fim de uma fase, pior fica. Tento me manter equilibrada, meditar, e as vezes só guardar pra mim, mas tem dias que o desespero grita (dentro de mim).

Sei que não sou a única, e sei que muitos sentem o mesmo e não tem conhecimento ao certo do que está acontecendo, e por isso é muito importante o autoconhecimento, se conhecer, saber suas limitações, suas forças e fraquezas, saber a hora de parar, de dizer não e arriscar. Você se conhece?

O autoconhecimento é um processo, posso dizer que me conheço muito mais do que no ano passado, e muito menos do que no ano que vem, mas continuo por essa busca de me autoconhecer. Graças a isso sei minha hora de afastar, de acalmar, de cuidar de mim, e sei a hora de arriscar, de enfrentar desafios e "dar as caras à sociedade". Alguns dizem que isso é ser bipolar, ser de "lua", eu prefiro dizer que é autoconhecimento, que nós seres humanos oscilamos, e justamente por isso passamos por altos e baixos.

Para quem segue procurando se autoconhecer cada vez mais, continue. E para quem nunca tentou ou até mesmo nunca pensou no caso, começe. E nunca se esqueça que a pessoa mais importante da sua vida é você mesmo! Isso não é egoísmo, é amor próprio! <3

Beijo GRANDE
Paloma Gomes