5 de abr de 2016


E se um dia eu acordasse e me visse sem as coisas mais importantes da vida?
Sem família, sem amigos, sem um rumo certo, sem estudos, sem trabalho, sem lazer, sem saúde, sem felicidade, sem um sentido para continuar seguindo?
De uns tempos para cá penso muito nisso (quando digo muito, é muito mesmo), principalmente após ler a seguinte frase uns meses atrás: "e se você acordasse hoje apenas com o que agradeceu ontem?".
Sim, é de gratidão que estamos falando, como é importante agradecer, por tudo, desde as coisas mais imperceptíveis, como o ar que respiramos, a grandes feitos!
Já parou para pensar que as vezes as coisas não dão certo por falta de gratidão? Seja grato!
Eu de uns meses para cá como disse, pratico a gratidão todos os dias religiosamente, claro que minha vida não ficou perfeita depois disso, mas te possibilita a enxergar coisas de maneiras diferentes, aumenta sua fé, e te faz perceber um propósito para aquilo está acontecendo. 
E quando algo que você deseja muito ainda não aconteceu, você percebe que ainda não era o momento, você precisa amadurecer, ou a situação ainda não é a mais apropriada, afinal, você agradece por tantas coisas, que percebe o tanto de coisas maravilhosas você possui, portanto, pode esperar mais um pouco, ainda mais nesse mundo, onde existem pessoas com tão pouco ou quase nada!
Pratique a gratidão, por mais que eu fale, você só vai compreender de verdade o que eu digo passando por essa experiência!
SEJA GRATO! <3

Beijo GRANDE
Paloma Gomes

4 de abr de 2016

Eae pessoal, tudo jóia com vocês? No post de hoje trouxe a indicação de um livro, que ganhei quando era bem pequena, precisamente em 2005, quando tinha 10 anos, ganhei da minha mãe. O livro chama-se Um presente de Jesus para você, ele é bem pequeno, 59 páginas, o autor é Regis Castro pela editora Raboni.

Um presente de Jesus para você, Regis Castro, editora Raboni

Como vocês sabem estou de férias, e na casa dos meus pais, e como de costume eu amo ler, e quando estou com tempo livre como agora nas férias, é uma das coisas que mais faço, então resolvi reler esse livro, e como havia muito tempo que eu tinha lido (muitos anos até), muita coisa era novidade novamente, pois havia esquecido.

É uma leitura simples, que até uma criança é capaz de ler, afinal de contas, quando eu ganhei era uma criança. Apesar da leitura ser bem rápida, pelo livro ser pequeno, ele é capaz de tocar corações, fazer enxergarmos certas coisas com outros olhos, encarar a vida de maneira diferente, ser mais grato a tudo que tem e a assumir determinados hábitos que talvez você nem imagina o quão significativo é!

Resumindo bem rapidinho, esse livro conta uma experiência vivida pelo autor do livro, quando foi visitar a Argentina, uma rápida experiência, mas que foi muito significativa para ele, uma menina, e sem dúvidas quem ler esse livro também!

Espero de coração que vocês tenham interesse em lê-lo, procurar, e que gostem. Alguém já leu esse livro, ou conhece?
Beijo GRANDE
Paloma Gomes

1 de abr de 2016

É uma perdição de tão bom, pena que faz tanto mal :(


Os alimentos enlatados e embutidos geralmente são modificados quimicamente para terem maior duração. Quem adora um salaminho, um sanduíche de presunto, um hot dog e uma mortadela defumada pode estar em maus lençóis. Em excesso, esses alimentos embutidos fazem um tremendo mal à saúde.
Isso acontece por que esses alimentos carregam mais gordura saturada do que a versão natural, o que pode aumentar o colesterol e o risco de doenças cardiovasculares. O principal ingrediente que faz esses alimentos durarem mais é o sódio, que causa pressão alta e retenção de líquidos. Um estudo da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia) mostrou que 24% da ingestão de sal na dieta dos brasileiros vêm dos alimentos industrializados, principalmente os embutidos.
Fora isso, esses alimentos são munidos de conservantes, que são altamente prejudiciais e cancerígenos. Além disso, a quantidade de aditivos que esses alimentos contêm pode sobrecarregar o fígado, que não consegue eliminá-los como deveria.
E quando falamos em carnes, estamos incluindo todas elas, inclusive as branca, como o peito de peru ou chester. Eles são mais saudáveis, sim, mas seu preparo de conservação é o mesmo do presunto. Não há problemas no consumo desses alimentos, caso você os faça, no máximo, duas vezes por semana. Todos nós sabemos que é mais prático chegar em casa e fazer um sanduíche com peito de peru do que cozinhar um alimento fresco, mas isso não pode virar rotina.
A dica é apostar em alimentos saudáveis no lugar dos embutidos. Você pode trocar seu lanche de mortadela e queijo por cottage e peito de frango desfiado ou ovos cozidos, por exemplo. Outra dica é sempre acrescentar verduras junto aos embutidos que for consumir. Assim, as fibras já captam as moléculas de gordura durante a digestão e diminuem os males ao organismo. Fora que elas vão deixar sua refeição bem mais saudável e ajudá-lo a comer menos do que faz mal.
Pessoal, essa matéria é do meu site queridinho MaisEquilibrio que eu sempre falo por aqui. Compartilhei porque confesso que sou amante de enlatados e embutidos, tenho que me policiar muito para diminuir o consumo desses alimentos, e essa matéria é muito esclarecedora.
Mais alguém também é apaixonado por esse tipo de alimento e tem que se controlar? Me contem nos comentários!!
Beijo GRANDE
Paloma Gomes