Detox Para A Vida. Livre-se Daquilo Que Te Faz Mal

08:00


Recentemente, o Facebook trouxe a público um experimento que fez em sigilo em 2012 e que gerou polêmica: manipulou os sentimentos de 700 mil usuários. Como? Dividiu um grupo de bons sentimentos - onde só recebiam notícias positivas - e outro de maus sentimentos - no caso, recebiam feeds negativos.

O resultado? As pessoas que recebiam notícias boas ficaram mais otimistas e as que recebiam notícias ruins ficaram mais negativas.

Coincidência ou não, ficar próximo de pessoas negativas realmente pode derrubar a autoestima de qualquer um. Isso é muito comum em relações de trabalho - quem nunca teve um chefe mal humorado e acabou aderindo ao mesmo humor? -, família, amor, ou entre amigos. Às vezes é preciso fazer um detox da vida pessoal para seguir um ritmo otimista e cheio de perspectivas.

Isso não significa que devemos excluir as pessoas negativas da própria rotina, mas tentar aproximar-se de pessoas que sejam otimistas e que tragam bons exemplos de resultados e empenho para seus objetivos. Afinal de contas, nada mais legal do que sempre estar perto de gente animada, para cima e determinada - dá uma certa injeção de ânimo, não é?! Se serve de estímulo, uma pesquisa realizada na Clínica Mayo, nos EUA, revela que os otimistas podem viver até 12 anos a mais.

Veja três dicas para se livrar das relações destrutivas:

Família: Sabe aquele membro da família que mais gera polêmica do que ajuda a resolver os problemas familiares? Pois bem, ao invés de jogar tudo para o alto, pense bem em todas as situações ruins e tente converter os argumentos negativos em positivos. Não banque uma guerra fria, mas tente argumentar com o objetivo de despertar outras soluções para que as questões sejam resolvidas com mais agilidade.

Amor: No amor, principalmente entre casados, a situação é mais delicada. O jeito que pode dar certo nesta situação é sentar e conversar. Uma boa discussão poderá colocar em pratos limpos os pontos que podem deixar o relacionamento cair - pode ser também o momento ideal para contar ao parceiro(a) que ele(a) não é lá uma das pessoas mais otimistas deste mundo. Caso nada funcione - conversas, toques, soluções - o próximo passo é declarar o fim do romance.

Trabalho: No trabalho, a liberdade interpessoal é mais restrita. Lembre-se de que há hierarquias, chefes e todo um cenário que pode colaborar para o pessimismo dos colegas de trabalho. Caso conviva com uma pessoa que, além de deixar os funcionários para baixo faz fofocas, uma boa conversa em equipe ou - em graves situações - com os chefes é a melhor saída para esta situação.

Beijo GRANDE
Paloma Gomes


*Inspirado no site MaisEquilíbrio

Posts Que Vão Interessar você

0 comentários

Curta a página no facebook

Família 💟

Entre em contato comigo